Normas para publicação no Boletim de Tecnologia e Inovação

O Boletim de Tecnologia e Inovação do Núcleo Regional Noroeste será uma publicação seriada de periodicidade fixa (anual), composta por seções obrigatórias e facultativas, assim descritas.

  • Seções obrigatórias
  • Seções Facultativas

Resgate histórico: Texto jornalístico abordando algum fato ou processo histórico relacionado ao desenvolvimento da ciência ou de tecnologias associadas ao manejo de paisagens na Amazônia, bem como relatos de fatos históricos relacionados às instituições e empresas que atuam nos estados do Acre ou Rondônia. Cada Boletim deverá apresentar pelo menos um resgate histórico por edição.

Notícias administrativas: Registro, no formato de texto jornalístico, abordando temas relacionados à gestão e atividades patrocinadas pelo Núcleo. Pode tratar de programação de atividades, e de eventos futuros ou passados. Cada Boletim deverá apresentar pelo menos um tópico de notícias administrativas por edição.

Artigos de Opinião: Texto baseado em análise do conhecimento atual em determinado tema, cujos argumentos devem refletir determinada linha de pensamento, podendo ser embasado em conhecimento científico e no conhecimento empírico dos autores. O(s) autor(es) deve(m) desenvolver as argumentações de modo a expor a opinião profissional após apresentar o tema proposto. Devem ser escritos em linguagem formal, opinativa e leve, diferente dos artigos científicos e acadêmicos, e efeito a compreensão por diferentes públicos. Podem ser utilizadas figuras de linguagem ou termos não técnicos para tornar a ideia mais compreensível quanto possível. Recomenda-se que o original tenha no máximo seis autores, sendo aconselhável um limite de dez páginas, sempre acompanhadas de fotos com resolução mínima de 300 dpi. Cada Boletim deverá apresentar pelo menos um artigo de opinião por edição. 

Artigos informativos: Texto baseado na divulgação jornalística de determinado tema. O(s) autor(es) deve(m) apresentar o tema de forma a explicar as aplicações, escopo ou contexto do tema abordado, destacando sempre que possível, vantagens, riscos e oportunidades do objeto relacionado ao tema proposto. Recomenda-se que o original tenha no máximo quatro autores, sendo aconselhável um limite de cinco páginas, sempre acompanhadas de fotos com resolução mínima de 300 DPI. Cada Boletim deverá apresentar pelo menos um artigo informativo por edição. 

Quem faz inovação (em Solo no Noroeste da Amazônia): Destinado a apresentar os trabalhos de profissionais da área de agronomia, estudantes, professores e pesquisadores e, em aplicações relacionadas à Ciência do Solo ou as áreas correlatas. Recomenda-se que o original tenha no máximo quatro autores, sendo aconselhável um limite de quatro páginas, sempre acompanhadas de fotos com resolução mínima de 300 DPI. Cada Boletim deverá apresentar pelo menos um artigo informativo por edição.

Artigo Técnico-científico: Deve ser baseado em uma hipótese científica, testada por meio dos métodos científicos, composto por análise de dados de forma indutiva ou dedutiva (dependendo da natureza do trabalho científico), utilizando materiais e métodos verificáveis, com os resultados apresentados de forma concisa e clara e discutido com base no conhecimento atual no tema, tendo como referência literatura científica. Recomenda-se que o material contenha no máximo oito autores. Como os manuscritos somente serão publicados na forma eletrônica, não será estabelecido número limite de páginas, principalmente para incentivar a submissão de um manuscrito de melhor qualidade científica, procurando-se, com isso, evitar ao máximo que o artigo seja dividido em dois ou mais em virtude da limitação de páginas. Procura-se, assim, incentivar a qualidade da publicação e não a prolixidade, devendo-se atentar, portanto, para a objetividade e clareza que a redação científica exige. O material deverá atender a seguinte estrutura: Título em português, título em inglês, resumo em português (250 caracteres, excluindo os espaços), resumo em inglês (abstract), palavras chaves em português e inglês (keywords), introdução (com objetivo e hipótese), material e métodos, resultados e discussões (em um único tópico ou em tópicos separados), conclusão e referências.

Tecnologia e Informação: Artigos, na forma de comunicado técnico, destinados a apresentar ou descrever processos ou tecnologias validadas ou em fase final do processo de validação. O material não deverá atender a uma estrutura definida, mas sugere-se, enfatizar itens que abordam ganhos econômicos, sociais e ambientais com a adoção da tecnologia. Não será estabelecido número limite de páginas, principalmente para incentivar a submissão de um manuscrito que permita abordar a tecnologia ou o processo de forma adequada, sem a necessidade de dividir o tema em diversas publicações. Todavia, a linguagem deve ser objetiva e redigida com clareza, e evitando-se a prolixidade. Recomenda-se que o original tenha no máximo oito autores, sendo aconselhável um limite de dez páginas, sempre acompanhadas de fotos com resolução mínima de 300 DPI.

Homenagens e reconhecimentos: textos destinados a homenagem (póstumas) ou reconhecimento profissional (de profissionais que contribuíram para o desenvolvimento tecnológico ou científico, mas que não estão mais em atividade). Recomenda-se que o original tenha no máximo oito autores, até duas páginas, acompanhados de fotos com resolução mínima de 300 DPI.

Informes publicitários: Textos de divulgação de serviços empresariais ou profissionais, com no máximo duas páginas por informe, sem identificação de autoria, porém com identificação do profissional, da empresa, dos serviços ou dos produtos a serem divulgados. O conteúdo do informe publicitário deve ser condizente com o conhecimento atual de sua aplicabilidade, sendo vedada a divulgação de profissionais, empresas, serviços ou produtos cuja informação não seja considerada confiável, observando-se os princípios básicos da propaganda e marketing descritos no Código de Proteção e Defesa do Consumidor: princípio da identificação da publicidade (art. 36); princípio da vinculação contratual da publicidade (arts. 30 e 35); princípio da veracidade (art. 37 § 1º); princípio da não-abusividade da publicidade (art. 37 § 2º); princípio da inversão do ônus da prova (art. 38); princípio da transparência da fundamentação publicitária (art. 36, parágrafo único); princípio da correção do desvio publicitário (art. 56, XII). Em toda edição do Boletim em que houver pelo menos um informe publicitário, deve ser inserido, em local de fácil leitura, que a SBCS ou o Núcleo não se responsabilizam pelas informações veiculadas no Informe Publicitário, sendo a responsabilidade única e exclusivamente do responsável pela inserção do conteúdo.

Instruções gerais

Para cada tipo de publicação ou obra, a Comissão Editorial estabelecerá as instruções aos autores, as quais deverão ficar disponíveis no site utilizado para a submissão dos originais.

De modo geral, no processo de submissão, os manuscritos serão enviados aos Editores Assistentes para pré-avaliação. Nesta primeira análise será considerado se estão devidamente formatados de acordo com as instruções e sua relevância no contexto do Noroeste da Brasil (região sul-ocidental da Amazônia), sendo priorizadas informações ou tecnologias que tenham sido desenvolvidas para aplicação nesta região, tenham sido desenvolvidas na região mas se aplicam em outra regiões e, também, tecnologias desenvolvidas em outras regiões que possam vir a ser adotada na região Noroeste do Brasil.

Será avaliada a relevância da obra para a inovação do conhecimento em determinado tema de ciência do solo e áreas correlatas. Os manuscritos aprovados na primeira análise serão encaminhados para avaliação de no mínimo dois revisores de instituições distintas dos autores. Após essa análise, os manuscritos que necessitarem de correções serão devolvidos aos autores para revisão. Após a revisão realizada pelos autores os manuscritos voltaram novamente aos revisores, atentando-se para as orientações que se seguem:

Formatação: O manuscrito deve ser digitado com fonte “Garamond 12” no espaço 1,5, justificado, com página em tamanho A4, com 2,5 cm nas margens superior e inferior e 2,0 cm nas margens direita e esquerda. As páginas devem ser numeradas no canto inferior à direita e as linhas do texto devem ser numeradas de forma contínua. O título de cada seção deve ser escrito em letras maiúsculas, em negrito. Subdivisões devem ter apenas a primeira letra maiúscula, com destaque em negrito.

Figuras gráficas: Devem ser numeradas sequencialmente com algarismos arábicos. O título deve aparecer abaixo da figura e deve conter os elementos que possibilitem a sua leitura e compreensão sem a leitura do texto. As figuras devem ser prioritariamente inseridas após os quadros em formato editável (illustrator/eps/coreldraw/jnb/excel, etc.); figuras gráficas inseridas como imagem somente serão aceitas se atenderem às exigências de cada processo de editoração gráfica do material a ser publicado.

Figuras fotográficas: Fotografias devem ser apresentadas como arquivo de formato png, tiff, jpeg ou gif, com resolução mínima de 300 DPI.

Fórmulas e equações: Devem ser escritas com ferramentas do editor que possibilitem sua editoração.

Quadros: Devem ser numerados sequencialmente com algarismos arábicos. O título deve aparecer acima do quadro e deve conter os elementos que possibilitem a sua leitura e compreensão sem recorrer ao texto. Os quadros devem ser produzidos com a ferramenta “Tabela” do MS Word ou MS Excel, ou softwares equivalentes. Utilizar a fonte Garamond com tamanho não maior que 10. As unidades são colocadas no corpo do quadro, na linha acima dos valores numéricos. No corpo do quadro não devem aparecer linhas verticais e horizontais.

Referências: Deve conter relação dos trabalhos citados no texto, quadro(s) ou figura(s) e inserida em ordem alfabética. Seguem modelos para as referências mais frequentes:

Periódicos: Nome de todos os autores. Título do artigo. Título abreviado do periódico. Ano de publicação, volume: páginas inicial e final. 

Exemplo:

FONSECA, J. A.; MEURER, E.J. Inibição da absorção de magnésio pelo potássio em plântulas de milho em solução nutritiva. R. Bras Ci Solo. 1997, 21:47-50.

RODRIGUES, D. T.; NOVAIS, R. F.; ALVAREZ, V. H.; DIAS, J. M. M.; VILLANI, E.M.A., OTONI. WC. In vitro germination of Cattleya intermedia R. Graham by means of chemical disinfection and without laminar flow. Prop Ornam Plants. 2011, 11:19-24.

Artigos com DOI:

ZIRLEWAGEN, D., RABEN, G., WEISE, M. Zoning of forest health conditions based on a set of soil, topographic and vegetation parameters. For Ecol Manage. 2007, 248:43-55. doi:10.1016/j.foreco.2007.02.038

A abreviatura dos periódicos pode ser verificada nos endereços:

http://www.efm.leeds.ac.uk/~mark/ISIabbr/C_abrvjt.html http://www.ncbi.nlm.nih.gov/nlmcatalog/journals

Livro: Autores. Título da publicação. Número da edição. Local da publicação: Editora; ano de publicação. 

Exemplo:

KONHNKE, H. Soil physics. 2nd ed. New York: MacGraw Hill; 1969. 258p.